O Coro Misto da Beira Interior, é um coro amador mas que realiza uma média de20 a  25 concertos por ano. Do seus inúmeros programas podem-se destacar os de Música Sacra, Renascença, Espirituais Negros, Fado e Música Popular Portuguesa. É aberto à população em geral sem limite de idades. Está sediado na cidade da Covilhã embora os seus elementos tenham origem em várias localidades vizinhas. O Coro Misto da Beira Interior iniciou a sua actividade em 1989  sob a direcção do Professor Luís Cipriano, ainda integrado no Conservatório local, realizando o seu primeiro concerto em 4 de Fevereiro de 1990, na Igreja de St. Maria, na cidade da Covilhã.   Em Setembro de 1996, tornou-se independente em relação ao Conservatório da Covilhã, marcando assim a sua nova estrutura e assumindo o papel da Associação Cultural da Beira Interior. Em Portugal realizou concertos por todo o território, com destaque para os principais centros urbanos como Lisboa, Porto, Coimbra, Braga, Guimarães, Évora, C. Branco, Mação, Faro, Guarda, Covilhã, Pinhel, Viseu, Abrantes, Tomar, Fundão entre outros. Em 2000 realizou em Belém na Palestina o concerto oficial dos 2000 anos do nascimento de Cristo. Em 1999 realizou uma Missa na Basílica de S. Pedro no Vaticano. Em 2001 realizou 2 missas em dois dos principais monumentos espanhóis: o Escorial e Vale dos Caídos. Com a Orquestra da SIM  do Luxemburgo, realizou em 1998 em Ettelbruck, a Missa de St. Cecília de Charles Gounod. Em 2012 divulgou o seu CD “FADO” numa digressão na região centro da Polónia. Nos ultimos 35 anos, foi o único coro estrangeiro a cantar na Faixa de Gaza. Em 2011 interpretou obras de Bruckner na catedral de Dt. Florian, em Linz (Austria), precisamente onde está sepultado o compositor. Participou em 9 das 10 edições do Festival de Música da Beira Interior. EM 2016 realizou a cerimónia de abertura do Mercado de Natal em Strasbourg(França). Em 2019, pelos resultados obtidos no Adriatic Pearl Competition recebeu as felicitações do Presidente da República, um Voto de Louvor da Assembleia da República, um Voto de Louvor da Câmara Municipal da Covilhã e um Voto de Louvor da Assembleia Municpal da Covilhã.

IMG_9714
ACBI070516 (2)
Foto3
Natal
LC copy
CD ex copy
Holanda_edited